Princípios

Princípios

  1. Utilidade: ser útil à construção da sociedade, razão de ser do Instituto Graça Aranha.
  2. Parceria: como fruto de interação entre o Instituto Graça Aranha, pessoas, instituições e empresas, por meio da qual limitações são superadas e soluções obtidas.
  3. Valorização da Pessoa: força interna que nasce no sentido de acolhimento e  que conduz à construção conjunta, dentro da percepção de que cada um tem uma maneira de contribuir e onde ninguém é excluído.
  4. Autonomia: Convicção de que a liberdade de escolha leva as pessoas ao sentimento de propriedade em sua esfera de atuação, observados os princípios e valores da instituição.
  5. Ousadia e Tenacidade: para que se tente o impossível, com constância na superação de desafios e obstáculos na construção do sonho de ser uma instituição referência.
  6. Qualidade e Inovação: para estar à frente na busca de fazer o melhor para o cliente, foco central da sua atuação.
  7. Ética: concentrando-se na prática da lealdade, confiança e transparência no relacionamento com terceiros, reconhecendo erros e corrigindo rumos.
  8. Auto-sustentação: como instituição, o IGRAMA cultivará a independência intelectual, a austeridade e a eficiência, de modo a manter um crescimento sustentado.